Estímulo à leitura: uso da fantasia para uma prática do dia a dia

17/03/2015

Na Escola Estadual Professora Almerinda Aguiar, em Coluna, no Vale do Rio Doce, o ‘Projeto Cultivando Leitores’ tem estimulado a pratica da leitura e interpretação de textos entre os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. O trabalho é realizado pelos professores, a partir de atividades lúdicas como dramatizações, fantoches, leitura deleite e contação de histórias. A iniciativa começou a ser desenvolvida este mês e vai ser realizada durante todo o semestre com os mais de 220 estudantes atendidos pela instituição.

De acordo com a supervisora da escola e coordenadora do Projeto, Dilcinéia Maria de Araújo Aguiar, cada semana uma turma é responsável por estimular o clima de leitura na escola. “Como trabalhamos com os alunos dos anos iniciais, o estímulo ao hábito de ler é muito importante. Neste ano, pensamos em um projeto que envolvesse todos os professores e que fosse trabalhado de acordo com as características de cada turma. Então, cada semana, uma sala é responsável por realizar apresentações voltadas à leitura para os demais colegas da escola”, explica.

Na última semana, uma aluna se vestiu de Chapeuzinho Amarelo e começou a contar a história da personagem a partir da leitura do livro. Foto: Arquivo da Escola

Na última semana, por exemplo, os alunos do quarto ano, foram os responsáveis pelas atividades na escola. “Uma das ações realizadas foi a leitura deleite, que nada mais é que aquela leitura prazerosa. Uma aluna se vestiu de Chapeuzinho Amarelo e começou a contar a história da personagem a partir da leitura do livro. Tinha momentos que ela parava para mostrar as ilustrações do livro. Atividades assim, os meninos adoram e prestam a atenção”, conta a professora do 4º ano, Luciana Silva Pereira Aguiar. 

A partir de uma apresentação de teatro, o aluno Kauan de Matos, ajudou a contar a história do ‘Menino, o velho e o burro’ que fala sobre a relação desses três personagens, durante o percurso realizado por eles até que chegassem à casa da irmã do idoso. “É um trabalho educativo e convida os alunos a melhorarem a leitura”, conta Kauan que interpretou o idoso na história.

Projeto é desenvolvido com alunos de toda a escola e com a comunidade escolar. Foto: Arquivo da Escola

Aproximação com as famílias

Com o uso da ‘Bolsa Literária’, os alunos levam livros para suas casas onde as famílias são convidadas a participar das histórias. Após a leitura em conjunto, pais e filhos respondem a um questionário em que contam, por exemplo, a parte da história que mais gostaram. “Se os pais leem é um incentivo a mais para o aluno. São nos pais que eles se inspiram”, avalia Dilcinéia Maria de Araújo Aguiar.

Município: Coluna / Superintendência Regional de Ensino de Guanhães

Postado em: Uncategorized — geaninenogueira @ 10:14

8 Comentários »

  1. É realmente um trabalho muito produtivo, uma vez que, na maioria das vezes o aluno tem estímulo de leitura apenas pelo professor. Com esse projeto os pais passam a participar constantemente da leitura!

    Comment by Cecília — 18/03/2015 @ 12:29

  2. Parabéns a toda equipe!
    É realmente necessário e muito prazeroso esse trabalho.Também realizamos em nossa escola um projeto semelhante: MALA DA LEITURA.
    Temos relatos maravilhosos de pais que participam com seus filhos!
    Alcançamos também a melhoria na fluência e o prazer de ler.Continuaremos nesse ano, com esse trabalho e outros buscando a cada dia a excelência no ato de ler.

    Comment by Cil — 18/03/2015 @ 14:06

  3. PARABÉNS MARIA EDUARDA É GRATIFICANTE VER O SUA DEDICAÇÃO E SEU ESFORÇO SENDO RECONHECIDO VC MERECE SER A GAROTA PROPAGANA BJS GEOVANE

    Comment by Geovane Mourão — 19/03/2015 @ 08:59

  4. Maria Eduarda!
    Qual é o maior sonho de um atleta? Ser o vencedor e subir no pódio! Não creio que exista algum atleta que não tenha esse sonho. Mas para chegar lá há um longo caminho a seguir. Ninguém nasce vencedor. Essa caminhada envolve muito esforço e dedicação, você é muito esforçada você vai longe bjs!!!

    Comment by Geovane Mourão — 19/03/2015 @ 12:10

  5. Maria Eduarda admiro as pessoas vaidosas, mas simples de coração. Fortes, mas não arrogantes. Sinceras, mas não ofensivas. Corajosas, mas não inconsequentes. Que consiga cativar uma pessoa de forma simples e pura. Que consiga enxergar com clareza e opinar com sensatez. Que sorri com o coração e que te olha com carinho.
    Nossa princesa vai longe.

    Comment by Altino Freitas — 19/03/2015 @ 13:17

  6. Maria Eduarda admiro as pessoas vaidosas, mas simples de coração. Fortes, mas não arrogantes. Sinceras, mas não ofensivas. Corajosas, mas não inconsequentes. Que consiga cativar uma pessoa de forma simples e pura. Que consiga enxergar com clareza e opinar com sensatez. Que sorri com o coração e que te olha com carinho vc tem todas essa qualidades parabéns!!!!

    Comment by Altino Freitas — 19/03/2015 @ 13:26

  7. Parabéns prima !!!!

    Comment by Robson Fernando — 19/03/2015 @ 13:29

  8. Parabéns!!!!!!!!!Nota 1.000.

    Comment by Erica — 23/03/2015 @ 20:44

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário

SEE|
Rod. Pref. Amrico Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - BH/MG - Prdio Minas /11 Andar - CEP 31630-900 - Tel.: (31) 3916-7000
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades