Literatura infantil: ajudando a formar pequenos leitores

05/04/2017

No dia 2 de abril é celebrado o Dia Internacional do Livro Infantil. A data foi escolhida para homenagear o escritor Hans Christian Andersen, que nasceu neste dia. O escritor dinamarquês é considerado o primeiro autor a adaptar fábulas já existentes para uma linguagem mais adequada ao universo infantil. A literatura infantil é a porta de entrada para um universo lúdico e cheio de possibilidades. Uma criança que recebe o estímulo à leitura certamente será um adulto leitor, e todos nós sabemos dos incontáveis benefícios que o hábito de ler proporciona em diversos aspectos da nossa vida.

Mais do que lembrar e celebrar a data, é fundamental que a literatura se torne algo rotineiro desde a infância. Vale ressaltar que, além de permitir que as crianças explorem as inesgotáveis possibilidades que existem no mundo da imaginação, o hábito da leitura é fundamental para o aumento da proficiência da escrita e da própria leitura. Ler, além de ser divertido e prazeroso, é também fonte de conhecimento, e é através do conhecimento que uma sociedade crítica é construída.

As escolas também têm um papel importante nessa jornada. É lá que muitas vezes as crianças têm o primeiro contato com livros e histórias, ampliando as percepções e impressões de mundo. Diante disso, a escola busca conhecer e desenvolver na criança as competências da leitura e da escrita e como a literatura infantil pode influenciar de maneira positiva neste processo. Os livros, como instrumento motivador e desafiador, é capaz de transformar o indivíduo em um sujeito ativo, responsável pela sua aprendizagem, que sabe compreender o contexto em que vive e modificá-lo de acordo com a sua necessidade.

A superintendente de Desenvolvimento da Educação Infantil e Fundamental da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Eleonora Xavier Paes, destaca a importância de reservar um momento de leitura junto às crianças, para desenvolver desde cedo o hábito de se ler. “Além de desenvolver a criatividade e a escrita, a leitura proporcionar um olhar mais aguçado sobre o mundo e a capacidade de questionar e confrontar diversas questões. Criar conceitos sobre valores, conhecimento dos fatos e de tudo que acontece em nossa vida. E se isso acontece desde cedo com as crianças, elas vão ter muito mais oportunidade e adquirir o hábito da leitura”, comenta.

A pedagoga Luana Carvalho, da equipe de Bibliotecas Escolares Mineiras da SEE, indicou alguns livros que, para ela, são fundamentais para o desenvolvimento crítico em cada etapa da infância e adolescência. São eles:

Anos Iniciais:

Felpo Filva, de Eva Furnari;

Isto ou Aquilo, de Cecília Meireles;

Anos finais:

O Diário de Anne Frank, de Anne Frank;

Anarquistas, Graças a Deus, de Zélia Gattai;

Ensino Médio:

Crime e Castigo, de Fiódor Dostoievsky;

Crônicas, de Luiz Fernando Veríssimo;

Amargo Vermelho, de Bartomoleu Campos de Queirós;

Madame Bovary, de Flaubert;

A Misteriosa Chama da Rainha Loana, de Umberto Eco.

 

O Brasil também criou um dia para celebrar a leitura infantil, o Dia Nacional do Livro Infantil, no dia 18 de abril, foi escolhido para homenagear o escritor Monteiro Lobato, uma justa homenagem a quem se dedicou muito à literatura infantil no país. Não dá para ficar imune ao texto de Lobato.

No Portal Domínio Público, existem várias de opções de livros infantis para acessar e baixar gratuitamente. No Portal Escola Interativa, da Secretaria de Estado de Educação (SEE), é possível acessar conteúdos que abordam as primeiras manifestações da literatura infantil, com referências literárias e origem, além de citar autores, obras e características marcantes desse gênero. Confira:

LITERATURA INFANTIL: PARTE 1

LITERATURA INFANTIL: PARTE 2

LITERATURA INFANTIL: PARTE 3

Postado em: Uncategorized — Andrea Hespanha @ 16:26

2 Comentários »

  1. É muito especial ver aqui uma homenagem a importantes escritores, como Luiz Fernando Veríssimo, Cecília Meireles… Pra mim, acrescentaria a essa lista mais um autor: Monteiro Lobato. É tão gostoso de ler as brilhantes histórias infanto-juvenil do Lobato…

    Comment by Paulo Álvaro — 06/04/2017 @ 03:58

  2. Como especialista em Literatura, tendo trabalhado na SEE na área, acho importante essa participação, esse incentivo à leitura, algo essencial na formação psico-sócio-cultural do aluno.

    Comment by Rita Maria Vaz de Mello — 07/04/2017 @ 09:16

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário

SEE|
Rod. Pref. Amrico Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - BH/MG - Prdio Minas /11 Andar - CEP 31630-900 - Tel.: (31) 3916-7000
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades