Dicas de atividades que estimulam o raciocínio lógico

26/05/2017

As atividades que desenvolvem o raciocínio lógico estão cada vez mais presentes na vida das pessoas e são extremamente úteis no desenvolvimento de diversas habilidades. Através dos benefícios e do exercício dessas capacidades, crianças e jovens podem ter seu desempenho escolar melhorados. Esses estímulos são importantes para desenvolver o raciocínio lógico, desde os bebês recém-nascidos até os adultos, e executar funções que envolvem criatividade, concentração e proatividade.

O raciocínio lógico está ligado a conceitos capazes de organizar e clarear as situações cotidianas, preparando os jovens para circunstâncias mais complexas. Portanto, é fundamental que ações pedagógicas para estimular o raciocínio lógico estejam presentes na escola. É necessário que se crie um momento escolar para a utilização dos conceitos relacionados ao raciocínio lógico, pois os inúmeros exames vestibulares nacionais, inclusive o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), adotaram de forma concreta questões envolvendo respostas baseadas em pensamentos lógicos.

A utilização destas metodologias na formação educacional de jovens gera pessoas criticas com senso argumentativo, e é com essa característica que desenvolvemos alunos capazes de criar, interpretar, responder e explicar situações. A utilização desse recurso metodológico influi em resultados positivos, contribuindo em três aspectos básicos: ler, escrever e resolver problemas.

Atualmente, é possível encontrar atividades voltadas para o raciocínio lógico em livros específicos e apostilas de concursos públicos, em jogos disponíveis na Internet, em jornais diários e revistas semanais, entre outros lugares. A plataforma virtual da Secretaria de Estado de Educação (SEE), a Escola Interativa, também tem disponível conteúdo que permitem trabalhar o raciocínio lógico com os alunos.

O Blog Educação selecionou algumas dicas para quem deseja exercitar o cérebro. Confira:

 

Leia por prazer

Não importa se é uma revista, um romance do século XVIII ou uma notícia de jornal, a leitura é uma forma prazerosa de exercitar o cérebro. Ela estimula a formação de novas conexões cerebrais e aumenta a capacidade de absorver informações. Ler também melhora a memória e exercita as partes do cérebro ligadas à imaginação.

 

Faça Palavras Cruzadas

Esse passatempo exige memória, trabalha a linguagem, a atenção e também planejamento para encaixar as respostas nos espaços determinados. Nas palavras cruzadas é possível trabalhar a interdisciplinaridade, pois têm de estar por dentro das atualidades e enriquecer o vocabulário, sendo muito importante no desenvolvimento de redação.

 

Jogos de tabuleiro

Muitos jogos comuns de tabuleiro são ferramentas importantes e muito eficazes na estimulação da lógica. Quanto mais informações em nosso cérebro, mais funções ele será capaz de desempenhar. Palavras cruzadas, quebra-cabeças, jogos de adivinhação e estratégia, como o xadrez, funcionam como atividades cerebrais, que estimulam o acúmulo de novas funções e informações.

 

Cubo mágico

Um dos quebra-cabeças mais populares e difíceis de montar, pode ser um bom aliado no ensino, principalmente da matemática. O brinquedo tridimensional, que possui seis lados subdivididos em nove pequenos quadros, consiste em embaralhar as peças e depois ordená-las igualando as cores de cada face. A atividade ajuda a entender dilemas matemáticos como geometria espacial, análise combinatória, probabilidade, entre outros.

 

Estude e pratique música

A música é um excelente estímulo para o cérebro e pesquisadores ressaltam os benefícios das aulas de música para o desenvolvimento das crianças. Segundo os cientistas, elas são capazes de melhorar a memória, aumentar a capacidade de resolução de problemas e também estimular o crescimento da massa cinzenta. Além disso, crianças que tocam instrumentos têm melhor raciocínio lógico e mais facilidade para resolver cálculos e equações.

 

Aplicativo Brain N-Back

Há uma variedade de jogos que prometem desenvolver a inteligência. E as pesquisas mostram que eles funcionam. E o Brain N-Back, um tipo de programa de treinamento popular no Vale do Silício, proporciona desafios que podem ajudá-lo no aprimoramento da memória e inteligência. Quanto mais você praticar o exercício, mais sua memória de curto prazo e sua inteligência fluida vão melhorar.

Postado em: Dicas — Eric @ 12:35

3 Comentários »

  1. Sou prof. de matemática da rede estadual, em ajustamento funcional, e publiquei um livro de raciocínio lógico: RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSOS. Quando convidado, tenho levado para os docentes das escolas públicas oficinas de raciocínio lógico. Nestas oficinas, além de Trabalhar os conteúdos básicos da lógica e definimos, junto aos docentes, qual é o melhor momento de introduzir esse assunto no ensino fundamental e médio.
    Para agendar basta acessar o email: mg03@obmep.org.br

    Comment by CARLOS TORRENTE — 29/05/2017 @ 12:49

  2. Pratico três dessas dicas, e sei que ajuda bastante. Ainda não peguei o segredo do cubo mágico, e confesso que não conhecia o Brain N-Back… Mais um passatempo adicionado à minha lista, hehe

    Comment by Paulo Álvaro — 14/06/2017 @ 23:39

  3. Eu sempre quis aprender xadrez, mas nunca achei quem me ensinasse pessoalmente então resolvi fazer um curso online mesmo, não é a mesma coisa mas dá para aprender aos pouquinhos, mas não fiz isso com a intenção de estimular o raciocínio lógico porém venho percebendo que isso parece realmente estar acontecendo.

    Já tive uma experiencia anterior quando comecei aprender programação, foi nítido um salto na minha capacidade de raciocínio e agora com o xadrez estou sentindo isso novamente.

    Comment by Manoela Otto — 06/11/2017 @ 21:19

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário

SEE|
Rod. Pref. Amrico Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - BH/MG - Prdio Minas /11 Andar - CEP 31630-900 - Tel.: (31) 3916-7000
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades