Assuntos mais recorrentes e os temas mais cobrados no Enem

26/07/2017

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) para avaliar o desempenho dos estudantes ao final do ensino médio. Desta forma, o exame cobra conteúdos aprendidos durante esses três anos. Mas como se preparar para todo esse conteúdo? O fato é que apesar do grande volume de material a ser estudado para conquistar uma boa nota, alguns temas precisam de mais atenção e costumam aparecer com mais frequência.

O número de matérias, temas e assuntos presentes no Enem é bem extenso e mesmo quem tem muito tempo disponível para estudar deve saber onde focar os assuntos. O BLOG EDUCAÇÃO listou os cinco assuntos que mais caem no Enem. Confira:

 

Ciências Humanas e suas Tecnologias

O Enem cobra 45 questões das disciplinas que integram a área de Ciências Humanas, no caso, História, Geografia, Sociologia e Filosofia. Os temas que podem ser abordados são bastante abrangentes. No entanto, dois eixos temáticos são apontados: o primeiro trata do exercício da cidadania e da reivindicação por liberdade; o segundo é o dos direitos humanos, incluindo igualdade de gênero, racismo e homofobia.

O Enem costuma priorizar a História do Brasil. No século XIX, a atuação de movimentos sociais no Brasil envolve principalmente a luta pela emancipação dos escravos e a posterior inserção dos afrodescendentes na sociedade brasileira. Alguns temas são mais recorrentes, como problemas urbanos, situação rural brasileira e questão ambiental.

 

Física

A principal dica é que o candidato estude bastante os tópicos relacionados a mecânica, energia e eletricidade. Fenômenos ondulatórios e um pouco de óptica também costumam aparecer. Perguntas que envolvem, por exemplo, contas de energia elétrica relacionando a energia consumida com a potência de aparelhos, utilização e propagação de ondas eletromagnéticas e hidrostática, energia térmica.

Em termos de conteúdo específico, temas ligados a transformações de energia, energia térmica, mecânica newtoniana e eletricidade, principalmente envolvendo circuitos elétricos de residências, são os mais pedidos na prova.

 

Química

Nos últimos quatro anos a prova de Química do Enem ficou bem semelhante às provas dos vestibulares tradicionais, que envolvem chuva ácida, aquecimento global, tratamento da água e destruição da camada de ozônio. Estequiometria, termoquímica, geralmente pedindo o cálculo da quantidade de calor liberado na queima de diferentes materiais, como combustíveis, e equilíbrios químicos também são comuns. Em química orgânica, o que tem sido pedido e é fundamental que se saiba, é o reconhecimento das funções orgânicas.

 

Biologia

O Enem costuma cobrar os temas de Biologia em assuntos do cotidiano e questões interdisciplinares na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias. O tema mais cobrado é ecologia, seguido por evolução, fisiologia e genética. É muito importante que os candidatos façam a leitura atenta do enunciado, especialmente do último parágrafo em que se encontra a pergunta, além das alternativas que, muitas vezes, podem conter alguma dica para a resolução.

 

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

A maior parte das questões do Enem, de todas as matérias, depende de uma boa capacidade de interpretação de texto e leitura. Na prova de Linguagens, essa habilidade é, sem comparação, a mais importante e a mais abordada. O estudante deve focar a atenção também nas figuras de linguagem, em ambiguidade, intertextualidade, síntese e resumo, além de literatura e gêneros textuais.

A prova de língua estrangeira do Enem também nunca deixa de cobrar interpretação de texto em charges e letras de música, que costumeiramente vêm acompanhadas de linguagem coloquial e duplo sentido. Em questões com charge ou tirinha, normalmente o exame pede que o aluno explique a piada, o que pode gerar confusão na hora de interpretar o fator que provoca o humor.

 

Matemática e suas Tecnologias

A prova de Matemática costuma ser uma das mais temidas pelos alunos, especialmente no Enem, que apresenta questões com vários níveis de dificuldade, e as perguntas realmente complicadas são mais raras. A prova é forrada de gráficos, tabelas, esquemas e infogramas que devem ser interpretados com cuidado. A análise dos dados apresentados é constante na prova, mas não é suficiente sem as aplicações de conhecimentos específicos.

Entre os assuntos mais recorrentes no Enem desde 2009, estão funções, cálculo de área, volume e perímetros, seno, cosseno e tangente, probabilidade, análise combinatória, progressão aritmética e geométrica.

Postado em: Dicas — Eric @ 16:11

Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário

SEE|
Rod. Pref. Amrico Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - BH/MG - Prdio Minas /11 Andar - CEP 31630-900 - Tel.: (31) 3916-7000
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades