Um olhar para o despertar crítico dos estudantes

28/08/2012

Temas da atualidade também permeiam as discussões nas salas de aula da Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição, no distrito de Justinópolis – em Ribeirão das Neves -, na região metropolitana de Belo Horizonte. A cada quinze dias, todos os 1.380 alunos dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio, participam de um projeto de leitura que também envolve interpretação e debate de ideias. O trabalho é realizado por todos os professores da escola e promove a discussão de assuntos como o mercado de trabalho e a prevenção ao uso de drogas.

De acordo com o diretor da escola, Carlos Eduardo Andrade Bonfim, a iniciativa é uma forma de despertar a conscientização dos estudantes, contribuindo para a formação cidadã de cada um deles. “Essa atividade interdisciplinar ressalta o papel que a escola deve ter. Toda escola deve educar e disciplinar ao mesmo tempo. São ações que devem caminhar juntas e que contribuem para a formação humana dos alunos”, comenta.

Projeto de leitura estimula discussão sobre diferentes temas da atualidade. Foto: Arquivo Escola

Entre os alunos que participam desse momento de leitura e debate está Lorena da Silva Souza. A estudante do 8º ano do ensino fundamental ressalta a importância da iniciativa. “Todos esses trabalhos são muito importantes para gente. Aprendemos sobre os assuntos da atualidade. Além disso, estamos interagindo mais”.

Já o estudante do 9º ano do ensino, Lucas Oliveira Correia, conta o que mais gosta no projeto. “O projeto é muito legal, pois exercita a leitura. Os temas estão relacionados ao que vivemos hoje. Na sala, cada pessoa lê uma parte do texto e depois quando acabamos fazemos uma atividade e discutimos sobre o tema”.

Aproximação e debate

Na Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição, os alunos também são convidados ao protagonismo em diversas atividades, uma delas é a participação nas reuniões de módulos dos educadores. Nos momentos utilizados pelos professores, supervisores e direção escolar para avaliarem e planejarem o pedagógico da escola, os alunos também possuem um momento para a exposição de seus anseios junto aos educadores.

Estudantes fazem apresentações na reunião de módulo. Foto: Arquivo Escola

“É uma conversa bacana, com civilidade. Uma iniciativa que visa aproximar o professor do aluno e fazer do estudante o sujeito da ação. O aluno não é escolhido, ele se oferece para participar. No encontro, ele apresenta as propostas e sugestões para a melhoria das aulas nas diversas disciplinas”, destaca o diretor.

Na escola, os módulos ocorrem aos sábados. Nesses encontros, os alunos também costumam fazer apresentações artísticas para os educadores.

Município: Ribeirão das Neves / Superintendência Regional de Ensino Metropolitana C

Postado em: Uncategorized — geaninenogueira @ 15:13

1 Comentário »

  1. Olá, sou professora da Escola Estadual Coronel Oscar Prados, da cidade de São Gotardo, e gostaria de convidá-los para visitar o blog memorial que nosso alunos dos terceiros anos do Ensino Médio desenvolveram em comemoração ao centenário de nossa cidade. Desde já agradecemos.

    http://memorialsg.blogspot.com.br/

    Comment by Rita Vasconcelos — 03/09/2015 @ 13:50

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário

SEE|
Rod. Pref. Amrico Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - BH/MG - Prdio Minas /11 Andar - CEP 31630-900 - Tel.: (31) 3916-7000
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades