Fotos: Pátio vira sala de aula em escola do município de Piranguçu

05/01/2012

Entre as atividades que marcaram o ano de 2011 na Escola Estadual Mário Casassanta, no município de Piranguçu, esteve a ‘Escolinha do Professor Albert Einstein’. A iniciativa, que teve como foco a interdisciplinaridade levou os alunos a montarem uma ‘sala de aula’ no pátio da escola. Associando Ciências e Arte, os alunos apresentaram um teatro baseado na Escolinha do Gugu, exibido pela rede Record. Na ‘A Escolinha do Professor Albert Einstein’, o célebre cientista leciona em pleno século XXI, não somente conteúdos de Física, como também, Matemática, Química, Biologia, Filosofia e História. Segundo a diretora da escola, Yara Carvalho Garcia Ribeiro, os alunos aprovaram a ideia e até se caracterizaram para o teatro.

Parte da Escolinha do Professor Albert Einstein

Alunos se caracterizaram para participar da ’ Escolinha do Professor Albert Einstein’

Postado em: Escola bem na Foto — geaninenogueira @ 16:29

Projeto de escola estadual orienta sobre descarte correto de pilhas e baterias

04/01/2012

Com o final do ano letivo, os alunos da Escola Estadual Melo Viana, no município de Melo Viana, deixaram para toda comunidade escolar uma lição diferente. Eles foram os protagonistas de uma ação que teve por objetivo a conscientização da população sobre o descarte correto de pilhas e baterias.  “O trabalho começou com uma extensa pesquisa para saber onde a comunidade descartava as pilhas. Aplicamos um questionário nos moradores e detectamos que 99% da população jogava as pilhas no lixo”, explica a professora de Física, Viviane Martins Barbosa.

A segunda parte do trabalho foi realizado na escola.  Os alunos pesquisaram sobre os danos que as pilhas e baterias causam a saúde e ao meio ambiente e a composição química das pilhas. Essas informações foram compiladas e os estudantes montaram uma cartilha com orientações para a comunidade. O panfleto apresentava, entre outras coisas, os endereços dos pontos de coleta das pilhas e baterias. 

DSC02029

Escola montou um ponto de coleta de pilhas e baterias. Foto: Arquivo Escola

A divulgação sobre a importância do descarte correto das pilhas também foi feito na escola. “Nós montamos um posto de coleta na escola e as pilhas e baterias recolhidas foram levadas para Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)”, ressalta Viviane. A professora também acredita na continuidade do projeto para o próximo ano. “Em 2012 pretendemos continuar com o projeto. Vamos continuar recolhendo as pilhas e levando para UFMG que é o posto mais próximos do município”, conclui.

 O trabalho que foi feito por iniciativa dos alunos conquistou, este ano, o 3º lugar em uma feira promovida pela UFMG. Intitulado ‘Descartes das pilhas e baterias e as possíveis contaminações do solo e dos lençóis freáticos’, o trabalho teve orientação dos professores Giezi Reginaldo, Michele Evangelista e Viviane Barbosa.

Postado em: Escola é Manchete — geaninenogueira @ 14:04

Fotos: Estudantes resgataram a cultura Afrobrasileira em trabalho realizado em 2011

03/01/2012

Durante o ano de 2011, os alunos da Escola Estadual Marquês de Sapucaí, no município de Delfim Moreira, desenvolveram diferentes atividades interdisciplinares. Entre elas, o projeto “Quando penso na África, penso em…”. As ações do projeto propuseram uma discussão envolvente sobre a identidade cultural de nosso país e tiveram por objetivo conhecer e valorizar os elementos que constituem a identidade cultural, com o intuito de resgatar a cidadania. Os estudantes realizaram pesquisas sobre a cultura afrobrasileira em suas mais variadas manifestações trabalhando disciplinas como Língua Portuguesa, História e Geografia. Confira as fotos:

Marques (14)

Entre as ações estiveram apresentações de capoeira. Foto: Arquivo Escola

DSC07290

Alunos utilizaram roupas típicas da cultura Afrobrasileira. Foto: Arquivo Escola

DSC07186

O Congado também esteve entre as atividades apresentadas. Foto: Arquivo Escola

Postado em: Escola bem na Foto — geaninenogueira @ 15:29

FOTOS: Esporte e solidariedade para dar adeus ao ano velho

02/01/2012

Os estudantes da Escola Estadual Antônio Nunes de Carvalho Filho, em Araguari, se despediram de 2011 em grande estilo. Para dar adeus ao ano que se foi, os jovens da escola aliaram esporte e solidariedade. No Viradão Esportivo Solidário, idealizado como uma das atividades do Programa Educacional de Atenção ao Jovem (Peas), centenas de estudantes participaram de um passeio ciclístico pelas ruas de Araguari, Além disso, também foi organizada uma prova de atletismo e jogos de futebol e handball. Durante o evento, os estudantes e a equipe da escola arrecadaram alimentos para um abrigo de idosos da cidade. Confira as fotos:

31-12-10 - Viradão Esportivo 2

Alunos da escola dão lição de solidariedade na despedida de 2011. Foto: Arquivo da Escola


31-12-10 - Viradão Esportivo 4

Estudantes tomaram conta das ruas de Araguari no último dia 30. Foto: Arquivo da escola

31-12-10 - Viradão Esportivo 3Evento faz parte do calendário do Programa Peas Juventude na escola. Foto: Arquivo da escola


31-12-10 - Viradão Esportivo 6Além do passeio ciclístico, estudantes participaram de prova de atletismo. Foto: Arquivo da escola

Postado em: Escola bem na Foto — guilhermebrasil @ 13:24

Conservação em destaque: iniciativa Escolas de Minas reúne participantes em revista virtual

30/12/2011

Ao longo de 2011, quase 400 escolas da rede estadual enviaram fotos de suas redes físicas para participar do Escolas de Minas. Em duas ocasiões, a iniciativa da Assessoria de Comunicação Social e da Subsecretaria de Administração do Sistema Educacional, publicou no site da Secretaria de Estado de Educação fotos de laboratórios de informática e bibliotecas que estão em bom estado de conservação. A partir de hoje está disponível uma revista virtual com as fotos de todas as escolas selecionadas nas duas edições do Escola de Minas, além de outras que também enviaram fotos e estão homenageadas na revista.

No caso das escolas selecionadas, cada foto vem com as informações do fotógrafo, a data da última reforma no espaço retratado, o número de alunos da escola, além do nome do município e da Superintendência Regional de Ensino (SRE) na qual se encontra. O objetivo dessa revista é manter um registro de um projeto que movimentou escolas de todas as regiões do estado. “Muitas escolas enviaram suas fotos para o Escolas de Minas este ano e mostraram que fazem um trabalho de conservação muito bom de suas redes físicas. Tanto o Escolas de Minas, quanto a revista, que encerra o projeto este ano, são formar de compartilhar os bons exemplos espalhados por Minas Gerais”, explica Zirlene Lemos, integrante da comissão que avaliou as escolas selecionadas nas duas edições.

Para participar, cada escola tinha que enviar dez fotos sobre o espaço tema de cada edição do Escola de Minas, além de informação sobre as condições de conservação do local. Foram enviadas, nas duas edições, mais de quatro mil fotos, vindas de 368 escolas em 208 municípios. Para acessar um pouco dessa história basta acessar a revista virtual abaixo. (Clique na revista para ver em tela cheia)

Postado em: Escola é Manchete — guilhermebrasil @ 09:58

Água bem utilizada, oportunidade de aprendizado

28/12/2011

No ano que vem dobrando a esquina a torcida dos estudantes da Escola Estadual Cônego Luís Vieira da Silva, em Ouro Branco, certamente será para que São Pedro colabore com um dos projetos pedagógicos. Em 2012, a escola vai iniciar um projeto de horticultura sustentável, que vai utilizar as águas das chuvas para o cultivo das plantas. Já no primeiro semestre, a intenção é aproveitar uma área livre da escola para a construção de uma horta, além de criar um sistema de calhas e cisternas para armazenar as águas da chuva, que vão servir para regar a horta.

Coordenado pela professora de química do ensino médio, Ana Lúcia Corrêa de Souza, o projeto tende a despertar o interesse dos estudantes para a preservação. “Os projetos de horta nas escolas são comuns, mas o nosso projeto tem o diferencial de captar água da chuva. A intenção é mostrar aos nossos alunos a importância de aproveitar bem a água e não desperdiçar”, explica.

Projeto de horta hidrossustentável recebeu prêmio e verba para ser implantado

Projeto de horta hidrossustentável recebeu prêmio e verba para ser implantado

Na horta serão cultivadas mudas de árvores, plantas ornamentais e vegetais que podem ser introduzidos na alimentação. A ideia é que a couve, a cebolinha, a cenoura, a beterraba, o chuchu e os outros alimentos que serão plantados na horta possam ser utilizados na merenda escolar. “O que a gente puder utilizar na escola vai ser utilizado e o excesso da produção será doado para outras instituições da cidade ou para a comunidade”, explica a professora Ana Lúcia.

Mais do que um reforço no prato, a horta vai servir também como reforço para as mentes dos estudantes da escola. A intenção da equipe pedagógica da escola é que o espaço seja utilizado como laboratório para os estudantes da escola, que atende cerca de 1.300 mil alunos dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio. Um dos idealizadores do projeto, o professor de Biologia José Luiz Campos Valli, diz que o espaço pode servir de palco para aulas de várias disciplinas. “Em Biologia podemos trabalhar botânica, ciclos biogeoquímicos, fotossíntese. Vamos ter na horta, por exemplo, o processo de compostagem, que pode ser estudado na química. O professor de Matemática pode ajudar a calcular o volume d’água captado com a chuva. São várias as possibilidades”, explica.

Parceria Gerdau

Para conseguir desenvolver o projeto na escola, os professores conseguiram a parceria da Gerdau Açominas, empresa fornecedora de aço que atua na região. Em novembro, o projeto foi um dos vencedores do 1º Prêmio Germinar de Educação Ambiental, promovido pela Gerdau. O prêmio rendeu à escola uma verba de R$8 mil para implantação do projeto em 2012. As atividades para a criação da horta terão início no começo do próximo ano letivo.

Além da Escola Estadual Cônego Luís Vieira da Silva, a Gerdau Açominas premiou também outras três escolas de Ouro Branco que apresentaram projetos ambientais. Cada uma das escolas recebeu o prêmio de R$8 mil para implantar seus projetos. Realizada em parceria com o Instituto Gerdau, responsável pelas políticas e diretrizes de responsabilidade social da Empresa, a premiação foi criada para estimular as escolas no desenvolvimento de ações que possam fazer diferença na relação entre as pessoas e o meio ambiente.

Postado em: Escola é Manchete — guilhermebrasil @ 14:37

Fotos: Atividades artísticas marcaram o ano dos alunos da Escola Estadual Luiz de Melo Viana Sobrinho

23/12/2011

Entre as atividades desenvolvidas ao longo do ano de 2011 pelos alunos do Projeto Escola de Tempo Integral (Proeti) da Escola Estadual Luiz de Melo Viana Sobrinho, no município de Passos, estiveram as apresentações musicais. Além disso, os estudantes desenvolveram diversas atividades em homenagem a diferentes datas comemorativas.

Momento Cívico – Teatro musical Maria Chiquinha

Apresentação do teatro musical ‘Maria Chiquinha’

Postado em: Escola bem na Foto — geaninenogueira @ 13:11

Fotos: Feira de Ciências apresenta trabalhos realizados durante o ano

No mês de novembro, a Escola Estadual Napoleão Reis, no município de Lamim, apresentou mais uma Feira de Ciências. Essa feira teve como objetivo fundamental estimular os alunos a se comprometerem com o estudo da disciplina, fazendo uma interação com o foco que as Ciências Físicas e Biológicas têm com a vida.

Foto3

A Feira de Ciências fez uma retrospectiva do trabalho que os alunos realizam ao longo das aulas, mostrando a importância de todo conhecimento adquirido por eles. O trabalho contou com a interação de todas as disciplinas.

Foto4

Postado em: Escola bem na Foto — geaninenogueira @ 12:57

AGENDA: Orquestra de Violões do Conservatório de Juiz de Fora completa 10 anos

22/12/2011

Guto_regendo

Para comemorar seus 10 anos de existência, a Orquestra de Violões do Conservatório de Música do Haidée França Americano, em Juiz de Fora, vai apresentar para comunidade um espetáculo diferente. A apresentação irá contar com a participação de ex-integrantes da Orquestra e de alunos de diferentes cursos do Conservatório. O repertório dos artistas é bem versátil vai desde música erudita a popular. O espetáculo acontece nesta sexta-feita (23-12), às 20h30,  no Cine Theatro Central, que fica na Praça João Pessoa, s/nº – calçadão da Rua Halfeld, em Juiz de Fora. A entrada é franca.

A Orquestra é composta por estudantes com idades entre 15 e 22 anos. Em 2002, a Orquestra foi a vencedora do 19º Concurso Nacional de Câmara, realizado na cidade de Araçatuba, em  São Paulo.

Postado em: Uncategorized — geaninenogueira @ 14:22

Natal também é época de preservar o meio ambiente

20/12/2011

A Escola Estadual Dr. Ovídio de Andrade, no município de Ipatinga – Vale do Rio Doce, ganhou para este Natal uma decoração diferente. Ao invés dos tradicionais pisca-piscas, a escola ganhou lindas guirlandas e estrelas de Natal, tudo feito com material reciclado. “A escola foi toda enfeitada com material reciclado. Os alunos fizeram guirlandas, estrelas e uma árvore de natal mural, tudo tendo como matéria prima garrafas PET”, conta a coordenadora do Programa Educacional de Atenção ao Jovem (Peas) da escola, Mariene Patrícia Rodrigues.

Natal com consciência ambiental é lema na Escola Estadual Dr. Ovídio de Andrade. Foto: Arquivo da Escola

Natal com consciência ambiental é lema na Escola Estadual Dr. Ovídio de Andrade. Foto: Arquivo da Escola

As portas das salas ganharam estrelinhas de garrafa PET, a entrada principal da escola foi enfeitada com uma bola feita com os fundos das garrafas e a árvore mural foi feita com tampinhas. A construção dos enfeites contou com a participação de toda comunidade escolar. “Nós pedimos para os alunos e professores trazerem as garrafas. Utilizamos mais de 300 na confecção dos enfeites”, afirma Mariene.

O enfeite que a estudante do 7º ano do ensino fundamental, Ana Clara Nogueira Ramos, mais gostou de fazer foi a bola que enfeitou a entrada da instituição. “A bola teve muitas cores e ficou muito bonita, por isso, foi a que eu mais gostei. Mas na minha casa já fiz muitas estrelas, porque minha mãe pediu para enfeitar a casa das minhas tias e da minha avó”.

Entre os enfeites está a árvore de Natal feita de garrafa pet. Foto: Arquivo da Escola

Entre os enfeites está a árvore de Natal feita de garrafa pet. Foto: Arquivo da Escola

Nas oficinas em que os estudantes aprenderam a fazer os materiais, eles também descobriam um pouco mais sobre a importância de se preservar o meio ambiente. “Nós trabalhamos a questão do meio ambiente com os alunos, sempre focando a questão da reciclagem. Hoje, os alunos pegam um material e sabem o que pode ser feito com ele. Ao desenvolver essas habilidades, os estudantes têm a oportunidade de estar criando e inovando”, ressalta Mariene.

Em trabalho, escola destaca respeito ao meio ambiente e confraternização natalina. Foto: Arquivo da Escola

Em trabalho, escola destaca respeito ao meio ambiente e confraternização natalina. Foto: Arquivo da Escola

O estudante do 8º ano do ensino fundamental, Aleffe Filipe Adelino Souza, conta como foi o trabalho na escola e a importância das oficinas. “Eu participei de todas as oficinas e elas são muito legais. Aprendi que qualquer material pode ser trabalhado e estar gerando lucro pra mim. Fazendo enfeites com garrafas PET nós estamos ajudando o meio ambiente e enfeitamos a escola, que pela primeira vez ficou tão bonita assim”.
Para o próximo ano, as atividades com material reciclado devem continuar. “No ano que vem, entre as atividades que estamos organizando, está a confecção de bolsinha com latinhas de refrigerante”, conclui a coordenadora do Peas na escola.

Natal em música

Outro lugar que também escolheu aderir ao clima natalino foi a Escola Estadual Princesa Isabel, no município de Caratinga – Região do Vale do Rio Doce. No início de dezembro, os alunos realizaram a Cantata de Natal 2011. O trabalho teve a coordenação da professora Heloiza Kennia Teixeira.

Coral da Escola Estadual Princesa Isabel realiza Cantata de Natal em Caratinga. Foto: Arquivo da Escola

Coral da Escola Estadual Princesa Isabel realiza Cantata de Natal em Caratinga. Foto: Arquivo da Escola

 “É importante valorizar e estabelecer parcerias, para que o aprendizado das artes, sobretudo a música, aconteça com propriedade em nossas escolas”, comentou a professora que, além de lecionar Arte, também é regente do coral da escola ‘Cantata de Natal’.

Escola de Caratinga entra no clima natalino com Cantata de Natal. Foto: Arquivo da Escola

Escola de Caratinga entra no clima natalino com Cantata de Natal. Foto: Arquivo da Escola

Postado em: Escola é Manchete — hudsonmenezes @ 09:29

SEE|
Rod. Pref. Amrico Gianetti, s/n - B.: Serra Verde - BH/MG - Prdio Minas /11 Andar - CEP 31630-900 - Tel.: (31) 3916-7000
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades